top of page
  • Writer's pictureAJM CONDOMÍNIOS ADMINISTRADORA

Inadimplência parcial

MG: Concessionária é proibida de cortar água em condomínio


Companhia de água é proibida de interromper fornecimento para condomínio

Por entender que havia probabilidade do direito e perigo de dano, a juíza Liliane Rossi dos Santos Oliveira, da 3ª Vara Cível da Comarca de Barbacena (MG), concedeu liminar para proibir a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) de interromper o funcionamento de água para um condomínio de casas populares.


A decisão foi provocada por ação ordinária com pedido de tutela de urgência ajuizada pelo condomínio contra uma construtora e a Copasa. O conjunto habitacional é composto por 360 unidades e, por causa da inadimplência de parte dos moradores, a receita do condomínio não tem sido suficiente para pagar as despesas com o fornecimento de água. 


Ao analisar o caso, a magistrada apontou que o condomínio demonstrou que uma parte dos condôminos se encontra inadimplente, tendo a outra parte permanecido com o pagamento em dia. 


"Dito isso, determino que o Condomínio realize o repasse mensal à Companhia Ré da receita que arrecadar, pois ainda que o pagamento seja parcial, o mesmo servirá para amortizar a dívida, como também a Copasa não pode prestar um serviço sem a mínima contraprestação." 


Cobrança extrajudicial da Êxito tem resultados efetivos. Saiba mais!

Por fim, ela determinou que a Copasa se abstenha de fazer novos cortes no fornecimento e convocou as partes para uma audiência de conciliação. 


8 views0 comments

Commentaires


bottom of page